Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Turismo

África começa a revelar-se no panorama internacional do turismo

| Editoria Turismo | 18/02/2015

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Praticamente invisível no passado, o continente africano começa a dar cartas no setor do turismo, mostrando o seu potencial através de países como Gâmbia, Etiópia, Gana, Sudão e Togo. Na Feira Internacional e Turismo (FITUR), realizada anualmente, em Madrid, África foi revelada como um novo destino turístico para o público em geral.

Só em Madrid, este ano, houve mais 12% de expositores africanos, sendo que África recebe 3% do turismo mundial
(DR)

A natureza, o clima e a hospitalidade das pessoas são os principais destaques na hora de escolher o continente africano, que começa a dar cartas junto dos gigantes do turismo. O diretor do Conselho de Turismo da Gâmbia, Bakary K. Jammeh, explica que o Executivo do seu país «está a fazer uma aposta forte no setor, de forma a contribuir para o desenvolvimento do país, mas também para erradicar a pobreza».  Depois da agricultura, o setor do turismo é o que contribui mais para o PIB do país.

Já na Etiópia, o responsável pelo setor do turismo sublinhou que o país «tem as pessoas mais simpáticas do mundo, sempre prontas a acolher da melhor forma». O responsável destacou também a segurança, podendo as pessoas andar na rua a qualquer hora do dia, para além de outros atrativos turísticos que estão ao dispor da população.

A espaços, África começa a aparecer no panorama de turismo internacional. Com os países dos PALOP a lideraram a opção dos turistas, os restantes países do continente começam a olhar para o setor com outros olhos e a perceberem novas formas de investimento. As Feiras Internacionais do Turismo são uma delas. Só em Madrid, este ano, mais de 12% dos expositores eram africanos, sendo que África recebe 3% do turismo mundial.

Tomás Tim-Tim

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade