Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Maio de 2019

ÁFRICA

A TERRA É A FONTE DE VIDA E DA MORTE

MUNDO

A POSSSE DA TERRA, A RECOLONIZAÇÃO SILENCIOSA QUE NÃO DIZ O NOME

ÁFRICA

O DILEMA DAS TERRAS EM ÁFRICA NA VIRAGEM DO MILÉNIO

MUNDO

INTERNET - O FIM DA DECISÃO E DA LIVRE ESCOLHA?

SUDÃO

A Revolução Sudanesa: a terceira será de vez?

ESTADOS UNIDOS

DONALD TRUMP, O FIM DOS IDEAIS AMERICANOS

ANGOLA

Angola - Novas Políticas Migratórias?

ÁFRICA

Basílica de YamoussoukroO “presente pessoal” de Boigny a Cristo!

Rádio

Publicidade

Economia

Abertura do novo aeroporto de Luanda prevista para março de 2017

| Editoria Economia | 05/03/2015

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O novo aeroporto internacional de Luanda, considerada a maior obra pública de Angola, começa a funcionar em março de 2017, e contará com uma ligação ferroviária própria, foi esta quarta-feira anunciado, durante a visita do Presidente da República ao local.

A construção do novo aeroporto de Luanda arrancou em 2004 e a sua conclusão está projetada para março de 2017
(DR)

A construção do aeroporto, no município de Ícolo e Bengo, a 30 quilómetros do centro da cidade de Luanda, está a cargo da Empresa China International Fund Limited - CIF, por 3,8 mil milhões de dólares. Duas das pistas já estão praticamente concluídas, assim como a torre de controlo do aeroporto, estando a decorrer a construção dos terminais, que segundo o governo deverão receber 15 milhões de passageiros por ano.

De acordo com informação transmitida pelo ministério dos Transportes durante a visita às obras do Presidente, José Eduardo dos Santos, além de um novo acesso rodoviário, o aeroporto contará com uma ligação ferroviária direta - pela empresa de Caminhos de Ferro de Luanda - e seis estações, a última das quais já no terminal aéreo.

«Os acessos estão sincronizados com o andamento das obras do aeroporto. Tudo indica que em 2017 o aeroporto possa funcionar», disse aos jornalistas, durante a visita de constatação do chefe de Estado, o ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

Por sua vez, o presidente da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA) disse que o novo aeroporto internacional de Luanda será o «mais importante» na África Central. Manuel Ceita falava aos jornalistas à margem da visita de José Eduardo dos Santos.

«Este aeroporto será um hub que vai retirar algum tráfego [aéreo] da parte central e da parte sul de África, e pensamos que nesta região será o aeroporto mais importante. Vamos nessa altura competir com outras regiões», afirmou o presidente do conselho de administração da empresa pública que gere os aeroportos angolanos. «O novo aeroporto constituirá também um polo económico e financeiro do país», rematou o presidente da ENANA.

A construção do novo aeroporto de Luanda arrancou em 2004, e a sua conclusão, como referido, está projetada para março de 2017, ano em que se realizam em Angola as terceiras eleições gerais em período de paz. O projeto é financiado por fundos chineses englobados na linha de crédito aberta por Pequim para permitir a reconstrução de Angola, depois de terminado um período de três décadas de guerra civil. O China International Fund Limited, entidade que financia o projeto, refere no seu sítio oficial na internet que tem em mãos a construção do «maior aeroporto de África», a propósito desta obra.

Com sede em Hong Kong, o CIF adianta que a obra contempla um terminal com 160 mil metros quadrados e outro de mercadorias, de 6,2 mil metros quadrados, que permitirá escoar 35 mil toneladas por ano.

O novo aeroporto internacional está implantado numa área de 1324 hectares e terá duas pistas duplas, com capacidade para aterragem do maior avião comercial do mundo, o Airbus A380.

A pista norte do aeroporto terá 4200 metros de comprimento, enquanto a sul terá 3800 metros. Cada uma delas conta com 60 metros de largura.´

Redação com Agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade