Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Turismo

Turismo: África do Sul e National Geographic trabalham em conjunto em nova campanha

| Editoria Turismo | 07/04/2015

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A nova campanha do turismo da África do Sul para Ásia, Europa e Américas do Norte e Latina foi desenvolvida pela South African Tourism (SAT) em parceria com a National Geographic. A ideia é mostrar a jornada do líder Nelson Mandela e inspirar pessoas por meio de um vídeo muito delicado, de 90 segundos, no qual o fotojornalista Pablo Corral Vega percorre os lugares mais marcantes por onde passou o ícone sul-africano ao longo da vida.

O fotojornalista Pablo Corral Vega percorre os lugares mais marcantes por onde passou o ícone sul-africano ao longo da vida.
(DR)



De acordo com a SAT, o vídeo faz parte da série Through the Lens, do National Geographic Channel, voltado para vídeos de curta duração conduzidos pelos principais fotógrafos do Natgeo

«Mandela abriu o nosso belo país, até então um Estado degradado, para o resto do mundo. E o nome dele, por si só, tem atraído milhões de turistas interessados em refazer os passos dele pela África do Sul. Através desta campanha sabemos que muitas pessoas ao redor do mundo serão inspiradas e incentivadas a vir à África do Sul para conhecer a história de Mandela, a nossa rica história e a hospitalidade do povo sul-africano», referiu a CEO da SAT, Thulani Nzima.

Redação

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade