Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Estudos

PAM: Dez factos sobre a fome na RDC

| Editoria Estudos | 08/07/2015

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A República Democrática do Congo é um dos países mais pobres do mundo. E a falta de alimentos é uma realidade muito presente. A este propósito, o Programa Alimentar Mundial (PAM) elaborou uma lista com os dez principais factos sobre a fome no país.


(DR)

1. A maioria dos 6,7 milhões de habitantes da RDC que tem fome vive em cinco províncias no este do país, palco de conflitos.

2. Quase metade das crianças da RDC com menos de 5 anos têm atrofias de crescimento, sendo demasiado pequenas para a sua idade.

3. 23% das crianças com menos de 5 anos e 14% das mulheres têm um peso abaixo do normal.

4. Devido aos conflitos ainda existentes no país e na região em que este se insere, há 2,7 milhões de deslocados internos e 120 mil refugiados no país.

5. Entre 2013 e 2014, 1,8 milhões de deslocados internos conseguiram regressar aos seus locais de origem, mas aí descobriram que as suas casas, as escolas e tudo o que possuíam fora tomado ou destruído.

6. 3milhões de crianças menores de 5 anos sofrem de malnutrição aguda.

7. 47% das crianças com menos de 5 anos e 38% das mulheres sofrem de anemia.

8. Mais de meio milhão de mulheres grávidas ou lactantes sofrem de malnutrição aguda.

9. A percentagem mais elevada de pessoas que sofrem de insegurança alimentar (64%) está no setor agrícola, que corresponde a três quartos de toda a força de trabalho do país.

10. Em 2014, o PAM apoiou quase 1,8 milhões de pessoas em estado de vulnerabilidade na RDC.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade