Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Desporto

Samuel Eto’o dedica-se à luta contra a malária

| Editoria Desporto | 26/04/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O futebolista camaronês Samuel Eto’o escreveu uma crónica para o jornal espanhol El País na qual recorda o papel do futebol para eliminar desigualdades, a importância dos amigos e da família para o seu crescimento e as estratégias que cada povo encontra para combater a pobreza, bem como a forma como estes fatores o tornaram mais resistente aos desafios.

«Espero aproveitar a experiência que consegui com o futebol para ajudar o meu país e África»
(DR)

Na sua crónica, Eto’o lembra que chegou à Europa com 16 anos, para jogar futebol. Na mala, diz, trazia um sonho e as habilidades futebolísticas que aprendeu na terra irregular dos Camarões (e que fizeram dele um dos melhores e mais conhecidos futebolistas do mundo). No entanto, escreve que tudo isto poderia não ter acontecido, já que em criança a malária «passou por ele» diversas vezes. À sua volta, morriam milhares.

Tendo sido «poupado», o jogador decidiu perceber de que forma pode, com o futebol e a fama que alcançou, ajudar pessoas que lutam contra a doença. Agora, quer «juntar-se à batalha», diz, e vai começar a trabalhar com o Fundo Mundial de Luta contra a Sida, a Tuberculose e a Malária. E garante: «Espero aproveitar a experiência que consegui com o futebol para ajudar o meu país e África».

Redação

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade