Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Setembro de 2017

ÁFRICA

Oposições e renovação política em África

ANGOLA

Para bom entendedor

GUINÉ-BISSAU

Acode, ninguém acode!

BURKINA FASO

Bodas de prata do FESPACO

Rádio

Publicidade

Estudos

Angola - Índice de Produção Industrial 2015 - Resultados Definitivos

| Editoria Estudos | 15/06/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A


PA (DR)

Angola - Índice de Produção Industrial 2015 - Resultados Definitivos

SÍNTESE DOS PRINCIPAIS RESULTADOS

Os resultados (alcançados) espelham definitivamente a evolução da actividade industrial realizada no país durante o Ano de 2015.

De acordo com os resultados do inquérito verificou-se que em 2015 o Índice de Produção Industrial registou uma variação positiva na ordem dos 6,7% em relação ao ano de 2014.

O Índice de Pessoas ao Serviço durante este período de referência apresentou uma variação de 0,6% em relação ao ano anterior, enquanto que, o Índice das Horas Trabalhadas no mesmo período registou um crescimento de 1,4% comparativamente ao ano de 2014.

Analisando o IPI por tipo de bens, verificou-se que os Bens Intermédios tiveram variação negativa na ordem dos 3,5% quando comparados ao ano de 2014. Os Bens de Consumo e os Produtos de Energia registaram um crescimento em 2015 com relação ao ano anterior, na ordem de 5,6% e 7,5% respectivamente.

Analisando o IPI por ramo de actividade económica, verificou-se que as “Indústrias Extractivas” no período em analise foram as que registaram maior variação com 7,5% comparado com o ano de 2014, seguida da “Produção e Distribuição de Electricidade, Gás e Água” com 5,1% e “Indústrias Transformadoras” com 1,9%. Com relação ao Pessoal ao Serviço as “Indústrias Transformadoras” e a “Produção e Distribuição de Electricidade, Gás e Água” registaram aumentos de 0,9% e 0,7% respectivamente, em quanto que as “Indústrias Extractivas” apresentaram um decréscimo de 0,5%. Quanto ao Índice de Horas trabalhadas as “Indústrias Transformadoras” tiveram uma variação de 1,8% comparado com o ano anterior, seguida da “Produção e Distribuição de Electricidade, Gás e Água” com 0,4% e as “Indústrias Extractivas” com 0,2%.

INE Angola

Junho de 2016

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade