Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Rádio

Publicidade

Desporto

Noruega é a próxima adversária de Angola no andebol

| Editoria Desporto | 09/08/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A selecção nacional feminina de andebol defronta nesta quarta-feira, às 20h40 (hora de Luanda), a Noruega, campeã olímpica, em desafio da terceira jornada do grupo A do torneio do Rio2016.

Será a terceira vez que as seleções se encontram em jogos olímpicos
DR

Será a terceira vez que se encontram em jogos olímpicos e duas vezes em mundiais seniores. Na estreia angolana, em Atlanta96, registou-se 18-30, após 7-15 ao intervalo, e em Pequim 2008 a diferença dilatou-se (17-31; 6-14). Em Mundiais, a Noruega bateu Angola em 2005, por 30-36, e em 2007 por 26-32.

Este ano, embora esteja fora das contas maiores, por se tratar de mundial de juniores, a superioridade também foi das nórdicas por 23-29.

Apesar dos números estatísticos, a pivot Albertina Kassoma, estreante nesta 31ª edição dos Jogos Olímpicos, reafirma o desejo de encarar o encontro com naturalidade, pois Angola não tem obrigações, mas vai disputar com garra para buscar mais um feito histórico diante desta potência mundial.

“Vamos trabalhar para ganhar mais jogos”, avançou a andebolista do 1º de Agosto, que espera a atuação acima dos níveis exibidos diante da Roménia (23-19) e Montenegro (27-25), respectivamente, terceira do Mundial 2015 e vice-campeão olímpico Londres 2012.

Redação com agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade