Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Fevereiro de 2017

ANGOLA

O ano da(s) mudança(s)

ANGOLA

Melhorar a qualidade da despesa no quadro do OGE 2017

GÂMBIA

CEDEAO segura democracia

ESTADOS UNIDOS

Os primeiros 10 dias de Trump

Rádio

Publicidade

Economia

Eventual acordo para breve na OPEP anima mercado do petróleo

| Editoria Economia | 19/09/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A aproximação da OPEP e algumas posições como a da Rússia está a provocar uma euforia nos mercados petrolíferos.

As declarações do líder venezuelano estão a contribuir para a subida dos preços
DR

Depois de uma semana de quedas, fruto da falta de um acordo entre os maiores produtores do mundo para controlar a oferta de 'ouro negro', os mercados acordaram com a Venezuela a revelar que o entendimento está cada vez mais próximo. 

O apoio do Irão, tão difícil de obter até agora e crucial para o acordo, parece ter sido conseguido graças ao trabalho conjunto de Rússia e Arábia Saudita e está à vista uma resolução para o problema de produção excessiva que tem afetado o preço do petróleo. 

A reação dos investidores está à vista: em Nova Iorque o crude dispara 1,5% para os 43,65 dólares por barril e em Londres o preço chega aos 46,29 dólares, um aumento de 1,3% face ao final da semana passada. 

A esperança de ter o petróleo na casa dos 50 dólares parece ter voltado aos mercados e aos produtores, que já vivem situações financeiras complicadas devido aos preços baixos dos últimos dois anos.

Redação com agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade