Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Novembro de 2017

MIANMAR

Rohingyas, vítimas da História e dos jogos de influência na Ásia

CHINA

A China e o futuro

ANGOLA

Novo Presidente, vida nova?

BRASIL

O país enfrenta 12 meses turbulentos

Rádio

Publicidade

Política

Presas 4 pessoas que estavam a planificar atentados na Tunísia

| Editoria Política | 16/11/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Quatro pessoas que estavam a planificar atentados em Túnis e assassinatos de personalidades políticas e mediáticas foram presas pela polícia, anunciou quarta-feira, 16, o ministro do Interior tunisino, Hédi Majdoub.

Imagem de Tunis

Constituído por três homens e uma mulher, o grupo tinha planos para realizer atentados num grande centro commercial e uma esquadra da polícia na capital do país, segundo precisou Yasser Mesbah, porta-voz do ministério. Pretendia também assassinar personalidades do mundo politico, dos medias e dos serviços de segurança.

Os suspeitos, que se comunicavam entre si pelo Facebook, foram presos pela polícia judiciária de Ben Arous, sul de Túnis.

Depois da revolução de 2011, a Tunísia observou um crescimento jiadista que foi responsável pela morte de mais de uma centena de soldados, mais de uma vintena de civis e 59 turistas estrangeiros.

Em virtude da série de atentados ocorridos em 2015, a Tunísia vive até hoje sob estado de urgência, pondo em questão, assim, a ideia generalizada de que foi o único país onde a dita “primavera árabe” teve sucesso.

Nos últimos dias, as forças de segurança descobriram cinco esconderijos de armas próximo de Ben Gardane, na fronteira com a Líbia. Entre o armamento apreendido, contam-se 24 mísseis terra-ar SAM-7, 52 roquetes RPG, 27 kalachnikovs e 10 fusis-metralhadoras Falo.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade