Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Dezembro de 2018

CONGO RD

RDC sofre com o surto de ébola

ESTADOS UNIDOS

El Niño estará de volta em 2019

ANGOLA

Angola defende que UA ‘precisa de estar à altura dos anseios da população’

CONGO RD

Ébola na RDC à beira de um avanço no tratamento

ANGOLA

PNUD financia projectos de resiliência à seca em Angola

ÁFRICA DO SUL

Pravin Gordhan apresenta queixa contra Julius Malema

ESTADOS UNIDOS

ESTADOS UNIDOS DEMOCRATAS RECUPERAM CÂMARA DOS REPRESENTANTES

COMORES

FRACASSO DA REBELIÃO NA ILHA DE ANJOUAN

Rádio

Publicidade

Política

Líder da oposição vence eleições no Gana

| Editoria Política | 08/12/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O principal candidato da oposição, Nana Akufo-Addo, do New Patriotic Party (NPP), é o provável vencedor das eleições presidenciais no Gana, realizadas esta quarta-feira, 7. Quando faltavam apenas 1.690 urnas do total de 27.577, ele tinha quase 54% dos votos, segundo algumas fontes, o que tornava praticamente impossível ao presidente cessante e candidato do National Democratic Congress (NDC), John Dramani Mahama, dar a volta ao resultado.

Nana Akufo-Addo, provável presidente eleito do Gana

O líder da organização juvenil do NPP, Sammy Awuku, depois de manifestar a sua confiança na vitória de Addo, disse estar preocupado com a demora da Comissão Eleitoral em anunciar os resultados. É a primeira vez nos últimos 16 anos, observou, que isso ocorre.

Awuku considerou o atraso um sinal de que a Comissão Eleitoral pode ser tentada a alterar a vontade expressa pelos eleitores ganenses e manifestou o receio de que o NDC não esteja disposto a aceitar o veredito das urnas. Ele instou o presidente da comissão a anunciar os resultados “quanto antes” e apelou ao chefe de Estado cessante a demonstrar a mesma humildade que Akufo-Addo revelou nas eleições anteriores, quando perdeu para o então candidato do NDC, John Stuart Mills.

Enquanto isso, um dos outros sete candidatos que disputaram as eleições de 7 de dezembro, o líder do Progressive People’s Party (PPP), Papa Kwesi Nduom, já congratulou o candidato do NPP pela sua “vitória”.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade