Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Setembro de 2017

ÁFRICA

Oposições e renovação política em África

ANGOLA

Para bom entendedor

GUINÉ-BISSAU

Acode, ninguém acode!

BURKINA FASO

Bodas de prata do FESPACO

Rádio

Publicidade

Política

Guterres escolhe ministra nigeriana para adjunta

| Editoria Política | 13/12/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Amina Mohammed, ministra do Ambiente da Nigéria, deve ser secretária-geral adjunta das Nações Unidas, informou o jornal nigeriano Premium Times. Ela terá sido uma escolha pessoal do português António Guterres, empossado segunda-feira, 15, no cargo de secretário geral. O facto ainda não foi oficialmente confirmado.


Antes de entrar para o executivo nigeriano, em novembro de 2015, Amina Mohammed trabalhou como conselheira especial do atual secretário-geral, Ban Ki-moon, para a Agenda do Desenvolvimento Pós-2015. Cessou as suas funções no ano passado com a adoção das metas do desenvolvimento sustentável para os próximos 15 anos.

Filha de mãe britânica e pai nigeriano, Amina Mohammed nasceu em 1961 no estado de Kaduna. Fundadora e diretora do think tank Centro de Soluções de Políticas de Desenvolvimento, foi entre 2002 e 2005 coordenadora da equipa que trabalhou em Educação e Género no Projeto do Milénio da ONU.

Trabalhou como conselheira de três diferentes presidentes da Nigéria, entre 2000 e 2014, tendo sido distinguida como oficial da Ordem da República Federal em 2006. Tem seis filhos.

O governo de Lagos diz que ainda não foi informado oficialmente da escolha de Guterres, que só começará a trabalhar no dia 1 de janeiro. A assessora do presidente Mohammadu Buhari escreveu no Twitter que ela continuava a ser a ministra do Ambiente, afirmando que havia "muita exuberância" na Internet sobre o assunto.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade