Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Julho de 2017

ÁFRICA

Oposições e renovação política em África

ANGOLA

Para bom entendedor

GUINÉ-BISSAU

Acode, ninguém acode!

BURKINA FASO

Bodas de prata do FESPACO

Rádio

Publicidade

Angola Eleições

Eleições gerais em Angola convocadas para o dia 23 de Agosto

| Editoria Angola Eleições | 23/04/2017

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Aguardada com expectativa nos meios políticos, a data das eleições gerais em Angola foi finalmente definida pelo presidente José Eduardo dos Santos e anunciada publicamente pelo Procurador-Geral da República, General João Maria, porta-voz do Conselho da República, órgão de consulta do Presidente da República.


Reunido durante o período da manhã de segunda-feira, dia 24, o Conselho aprovou a data proposta pelo Presidente da República após tomar conhecimento do relatório final e receber o aval da Comissão Nacional Eleitoral, conforme determina a legislação angolana.

De acordo com a avaliação do Presidente da República expressa durante o discurso de abertura do encontro e aceite pelos membros do Conselho, estão criadas todas as condições humanas, técnicas, materiais, logísticas e financeiras para a realização das eleições gerais em Angola na data proposta.

O Presidente aproveitou a ocasião para apelar aos líderes partidários, todos presentes a reunião, para que eles continuem a transmitir uma mensagem de paz e tolerância a todos os angolanos, independente de suas preferências partidárias, e mobilizem os seus militantes e simpatizantes para a participação massiva no próximo pleito eleitoral.

Um total de 9.459.122 eleitores foram registados durante o processo de registo eleitoral e atualização do local de residência dos cidadãos maiores e estão habilitados a votar, segundo confirmou na ocasião o ministro da Administração do Território.  As eleições gerais, agora oficialmente convocadas, deverão eleger o novo Presidente da República e a totalidade dos deputados a Assembleia da República de Angola.

O Conselho da República é composto por 18 instituições e indivíduos, nomeadamente o  vice-presidente da República, o presidente da Assembleia Nacional, o presidente do Tribunal Constitucional, o Procurador-Geral da República, os presidentes dos partidos políticos e das coligações de partidos políticos representados na Assembleia Nacional e 10 cidadãos indicados pelo Presidente da República. 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade