Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

+ Angola

Exames de admissão ao ensino superior custam entre 4 à 15 mil kz

| Editoria + Angola | 15/01/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A Universidade Católica de Angola (UCAN) é a única instituição de ensino superior no país que tem o  valor mais alto, pelo exame  de admissão, custando 15 mil kz. Na maior parte, a inscrição para o exame de admissão numa instituição do ensino superior é cobrado 4 à 5  mil kz.

Segundo a directora para os assuntos académicos da UCAN, Carla Ceita, informa que a instituição cobra 15 mil kz por cada curso, mas para os que pretendem concorrer para dois cursos é feito uma redução de 5% "o candidato paga 25mil kz".

Para o ano de 2018 a Univesidade Católica de Angola tem disponíveis 1.600 vagas em vários cursos:

Ciências Sociais e  Humanas com 600 vagas, Ciências Exactas e Económicas com 480 e Ciências Fisícas com 520 vagas disponíveis tendo um aumento de 100 vagas.

Em relação as outras universidades: A Universidade Agostinho Neto tem o valor de inscrição para o exame de 4 mil kz por curso e 6 mil kz por dois, e o ISPTEC cobra o mesmo valor.  

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade