Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Outubro de 2018

ÁFRICA

ÁFRICA DE AMANHÃ - A grande aposta nas tecnologias de informação e comunicação

ANGOLA

Angola aposta em políticas públicas para maior inclusão digital

ANGOLA

Uma sucessão em dois actos

ESTADOS UNIDOS

Resistência na casa Branca contra Trump

ETIÓPIA

Etiópia: Abiy Ahmed, um primeiro-ministro chamado «revolução»

ÁFRICA DO SUL

África do Sul : O começo de uma segunda transição política

ÁFRICA

A revolução dos arquitetos africanos

EGITO

CAIRO, A CIDADE QUE MAIS CRESCE NO MUNDO

Rádio

Publicidade

+ Angola

Cabo Verde : sociedade civil revolta-se contra nova Lei

| Editoria + Angola | 26/01/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, é acusado de criar uma Lei à medida de uma empresa da qual ele próprio foi administrador, até à sua chamada para o Governo, em Abril de 2016. Mas o interessado desmente.

Com a entrada em vigor da Lei que agravou as taxas de importação de lacticínios e sumos de fruta, entre 20 a 35%, várias vozes da sociedade civil têm-se levantado contra este aumento. E o Vice-Primeiro-ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, é acusado de ter criado uma lei à medida de uma empresa onde o próprio foi administrador.

Abordado pelos jornalistas, Olavo Correia não vê qualquer incompatibilidade,  defendeu que a proposta partiu da Câmara do Comércio e Indústria de Sotavento, e mereceu o voto favorável do MpD e do PAICV no Parlamento.

O Governo espera ter os resultados do impacto da medida de aumento dos direitos de importação para lacticínios e sumos de fruta dentro de três a seis meses e, em função da evolução, promete agir.

Contudo, uma das maiores importadoras do leite em Cabo Verde, já anunciou o aumento do preço do leite, com a justificativa de que a subida do preço do leite é derivada do agravamento das taxas de importação sobre os lacticínios e sumos de fruta, aprovado em sede do Orçamento do Estado para 2018.

O

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade