Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Dezembro de 2018

MUNDO

BALANÇO 2018 PERSPECTIVAS 2019 PASSAGEM DO ANO ENTRE DEGRADAÇÃO ECOLÓGICA, MIGRAÇÕES E SUBIDA DA DIREITA AUTORITÁRIA

ARGENTINA

Marcha-atrás na Argentina

ANGOLA

O BALANÇO DO PASSADO PARA CONSTRUIR UM NOVO FUTURO

MOÇAMBIQUE

Os cinco dias que abalaram Moçambique

REINO UNIDO

BREXIT E O JOGO DO “EU SAIO MAS QUERO FICAR”

ÁFRICA

A doença do poder e os doentes no poder em Africa

ESTADOS UNIDOS

Guerras comerciais e desordem mundial

MUNDO

Memória Deixaram-nos em 2018

Rádio

Publicidade

Política

Tanzânia deixa Pacto Global

| Editoria Política | 12/02/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

John Magufuli, Presidente da Tanzânia informou ao Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) a retirada do seu país do Pacto Global para os Refugiados. 

E suspendeu também, a concessão da cidadania a alguns refugiados do Burundi e que desencorajará novos pedidos de asilo.

 

De acordo com o jornal estatal da Tanzânia “Daily News”, Magufuli culpa a comunidade internacional por não ter desbloqueado os fundos prometidos para ajudar a Tanzânia a assegurar a integração de refugiados.


O Pacto Global para os Refugiados, visa a integração dos refugiados nas comunidades de acolhimento.

A ideia é que, quando os refugiados têm acesso à educação e ao direito de trabalhar legalmente, podem desenvolver as suas competências.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade