Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Setembro de 2018

ÁFRICA

ÁFRICA DE AMANHÃ - A grande aposta nas tecnologias de informação e comunicação

ANGOLA

Angola aposta em políticas públicas para maior inclusão digital

ANGOLA

Uma sucessão em dois actos

ESTADOS UNIDOS

Resistência na casa Branca contra Trump

ETIÓPIA

Etiópia: Abiy Ahmed, um primeiro-ministro chamado «revolução»

ÁFRICA DO SUL

África do Sul : O começo de uma segunda transição política

ÁFRICA

A revolução dos arquitetos africanos

EGITO

CAIRO, A CIDADE QUE MAIS CRESCE NO MUNDO

Rádio

Publicidade

Política

UA desmente espionagem da China à sede em Addis Abeba

| Editoria Política | 12/02/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O presidente da comissão da UA, Moussa Faki, efectuou uma visita a China, e  desmentiu em Pequim, a notícia do jornal Le Monde, que tenha havido actos de espionagem da China, à sede da instituição africana, que ofereceu à África.

A China que construiu a sede da UA, em Addis Abeba, na Etiópia, sede oferecida à África, não tem "interesse nenhum em espionar" uma organização de política internacional que nos ofereceu, "tudo não passa de mentiras", foi assim que o presidente da comissão da União Africa, Moussa Faki Mahamat.

Também a China reagiu, através do seu ministro dos negócios estrangeiros, Wang Yi, afirmando que "tentativas de dividir a China e África não serão bem sucedidas".

Moussa Faki Mahamat, sublinhou que a organização que dirigi está concentrada em reforçar a cooperação, e que esse tipo de manobras não "nos desviará dos nossos objectivos".

 A União africana é uma organização política internacional e não trata de assuntos de segredo de defesa. "Somos uma administração e não vejo o interesse que a China tem em oferecer-nos um edifício desta natureza para praticar espionagem, acrescentou.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade