Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2018

ÁFRICA

A revolução dos arquitetos africanos

EGITO

CAIRO, A CIDADE QUE MAIS CRESCE NO MUNDO

ÁFRICA

EXPLOSÃO URBANA EM ÁFRICA: SEUS DESAFIOS E OPORTUNIDADES

MUNDO

Agricultura: Os desafios do século XXI

MIANMAR

Rohingyas, vítimas da História e dos jogos de influência na Ásia

CHINA

A China e o futuro

ANGOLA

Novo Presidente, vida nova?

BRASIL

O país enfrenta 12 meses turbulentos

Rádio

Publicidade

Sociedade

Ministério da Comunicação Social capacita Jornalistas em Malanje

| Editoria Sociedade | 12/03/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Ministro da Comunicação Social, João Melo, deslocou a Malanje, no domingo, 11, para apresentar o plano de formação sobre normas de reportagem jornalísticas.

O objectivo do plano, é de capacitar os jornalistas dos órgãos de imprensa públicos e constatar o funcionamento das empresas.

O Ministro informou que espera uma predisposição por parte dos jornalistas para a aprendizagem e refrescamento dos conhecimentos sobre técnicas e normas jornalísticas a serem ministrados.

As matérias a serem abordadas durante o seminário sobre normas de reportagem jornalísticas, requer que os participantes tenham um espírito aberto de equipa e disponibilidade para aprender.
“A formação será contínua porque o ministério da comunicação social tem várias ideias no sentido de actuar em várias áreas com as empresas que comportam o ministério e o Cefojor em parceria com as universidades sobre a formação que tem a ver com os jornalistas angolanos”, frisou.
O seminário será regional e contará com a capacitação de jornalistas das províncias de Malanje, Cuanza Norte e Uíge.
Integram a comitiva do ministro João Melo , os presidentes dos conselhos de administração das empresas públicas de comunicação social: Agência Angola Press (Angop), Televisão Pública de Angola (TPA), Edições Novembro, Rádio Nacional de Angola (RNA), entre outros responsáveis.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade