Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Março de 2019

MÉDIO ORIENTE

Nas areias movediças do Médio Oriente

ÁFRICA

Drogas em África As novas rotas do tráfico de heroína

ÁFRICA

A África a mercê de um Triângulo Voraz

ÁFRICA

África Oriental O regresso ao grande investimento nos Caminho-de-ferro

MUNDO

RefugiadosAs cifras da vergonha!

ÁFRICA

Estaca da África em Brexit

MUNDO

Racistas ou nem por isso?

EGITO

O futuro do Egipto passa pela energia solar

Rádio

Publicidade

Política

Quénia vive clima de reconciliação

| Editoria Política | 12/03/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O chefe de Estado Uhuru kenyata e líder da oposição Raila Odinga, tiveram o seu primeiro encontro esta sexta-feira, 9, no Quénia, onde anunciaram um acordo para solucionar a crise política vigente no país desde as eleições de Agosto de 2017.

Num clima de reconciliação entre os dois líderes, Uhuru Kenyatta, que esteve ao lado de Odinga disse: “Este país é maior e mais importante que qualquer indivíduo. E é por isso que nos devemos unir”.

O líder da oposição, após a reunião que teve em Harambee House, no escritório do presidente em Nairóbi anunciou. “Eu e o meu irmão reunimo-nos hoje para dizer basta às divergências. Recusamos ser os líderes de uma nação queniana falhada”.

Esta é a primeira reunião entre Kenyatta e Odinga desde as eleições de 8 de agosto de 2017. O encontro coincide com a deslocação do secretário de Estado dos Estados Unidos da América, Rex Tillerson, ao Quénia.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade