Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Dezembro de 2018

CONGO RD

RDC sofre com o surto de ébola

ESTADOS UNIDOS

El Niño estará de volta em 2019

ANGOLA

Angola defende que UA ‘precisa de estar à altura dos anseios da população’

CONGO RD

Ébola na RDC à beira de um avanço no tratamento

ANGOLA

PNUD financia projectos de resiliência à seca em Angola

ÁFRICA DO SUL

Pravin Gordhan apresenta queixa contra Julius Malema

ESTADOS UNIDOS

ESTADOS UNIDOS DEMOCRATAS RECUPERAM CÂMARA DOS REPRESENTANTES

COMORES

FRACASSO DA REBELIÃO NA ILHA DE ANJOUAN

Rádio

Publicidade

Empresas

Cabo Verde Airlines renova certificado de segurança operacional e de voo

| Editoria Empresas | 11/04/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A companhia aérea Cabo Verde Airlines renovou o certificado de Auditoria de Segurança Operacional (IOSA) da IATA.

Depois da companhia Cabo-verdiana ter cumprido com as normas de aviação internacional, a mesma renovou a certificação de Auditoria de Segurança Operacional (IOSA) da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA)  para o ano 2019.

Segundo o comunicado de imprensa afirma que; Esta certificação da companhia aérea assegura o alto padrão de segurança operacional e de reconhecimento internacional.

Auditoria de Segurança Operacional (IOSA) é um certificado internacionalmente reconhecido e aceite como sistema de avaliação para gestão operacional e controlo de uma companhia aérea.

Actualmente, a Cabo Verde Airlines é detentora dos principais certificados da aviação internacional subscritos pela Administração Federal de Aviação (FAA) e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA)

“Este certificado IOSA é mais um marco para a nossa companhia aérea que continua a manter os padrões internacionais de aviação. Esta certificação é o sucesso do nosso trabalho, da nossa equipa operacional e dos nossos pilotos que fazem tudo para levar a Cabo Verde Airlines ao mais alto nível,” afirma Mário Chaves, CEO da Cabo Verde Airlines.

Desde Agosto de 2017, que a Cabo Verde Airlines está numa fase de expansão internacional, sob um contrato de gestão com a Loftleidir/Icelandic, transferindo as operações da ilha da Praia para a ilha do SAL, num modelo de negócio Hub & Spoke, em funcionamento desde 1 de fevereiro de 2018. 

A companhia voa atualmente para sete destinos, nomeadamente, Brasil (Recife e Fortaleza), Estados Unidos da América (Boston), Portugal (Lisboa), França (Paris) e Itália (Milão), colocando o arquipélago de Cabo Verde no centro como ligação entre os quatro continentes – América do Norte, América do Sul, África e Europa, alargando assim o mercado de atuação da companhia aérea.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade