Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2018

ÁFRICA

A revolução dos arquitetos africanos

EGITO

CAIRO, A CIDADE QUE MAIS CRESCE NO MUNDO

ÁFRICA

EXPLOSÃO URBANA EM ÁFRICA: SEUS DESAFIOS E OPORTUNIDADES

MUNDO

Agricultura: Os desafios do século XXI

MIANMAR

Rohingyas, vítimas da História e dos jogos de influência na Ásia

CHINA

A China e o futuro

ANGOLA

Novo Presidente, vida nova?

BRASIL

O país enfrenta 12 meses turbulentos

Rádio

Publicidade

Economia

Africa Finance Corporation factura mais USD 100 milhões em 2017

| Editoria Economia | 09/05/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Segundo os dados divulgados recentemente pela agência African Media Agency (AMA), o ano de 2017 permitiu que a Africa Finance Corporation (AFC) alcançasse o valor de USD 100,3 milhões, com uma receita de 109,2 milhoões de dólares.

Os registos confirmam que a Africa Finance Corporation, marcou o ano de 2017 com resultados sólidos, quer seja no desempenho financeiro, quer no operacional, chegado a faturar 100,3milhões de dólares.

De acordo com o documento que o País teve acesso, no que diz respeito aos activos, totalizaram 4,2 mil milhões, um crescimento de 21% do balanço, comparando ao ano transato. Contudo, o capital próprio totalizou USD 1,5 mil milhões.

O documento descreve o somatório da margem financeira de 142,7 milões, que teve uma subida de 21% na comparação com ano de 2017.

A Instituição Financeira contabilizou os “emolumentos”, referente as comissões, dividendos e demais receitas totalizaram cerca de USD 29,7 milhões perfazendo assim um aumento de 36%. Já a relação de eficiência situou-se em 19%, sendo o nível mais baixo atingido, porém a posição de liquidez situou-se em 1,5 milhões de dólares.

A AFC, é uma instituição financeira multilateral da categoria de investimentos, foi constituída em 2007 com uma base de capital próprio de mil milhão de dólares norte-americanos, com a finalidade de ser catalisadora de investimentos privados em infra-estrutura em todo continente africano.

 

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade