Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Dezembro de 2018

MUNDO

BALANÇO 2018 PERSPECTIVAS 2019 PASSAGEM DO ANO ENTRE DEGRADAÇÃO ECOLÓGICA, MIGRAÇÕES E SUBIDA DA DIREITA AUTORITÁRIA

ARGENTINA

Marcha-atrás na Argentina

ANGOLA

O BALANÇO DO PASSADO PARA CONSTRUIR UM NOVO FUTURO

MOÇAMBIQUE

Os cinco dias que abalaram Moçambique

REINO UNIDO

BREXIT E O JOGO DO “EU SAIO MAS QUERO FICAR”

ÁFRICA

A doença do poder e os doentes no poder em Africa

ESTADOS UNIDOS

Guerras comerciais e desordem mundial

MUNDO

Memória Deixaram-nos em 2018

Rádio

Publicidade

Saúde

Saúde ganha 110 milhões de dólares

| Editoria Saúde | 15/05/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O acordo de financiamento entre a República de Angola e o Banco Mundial (BM), no valor global de 110 milhões de dólares norte-americanos, foi aprovado ontem por despacho pelo Presidente da República, João Lourenço.

O despacho presidencial descreve que o acordo financeiro será aplicado na “cobertura do Projecto de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde”.

O ministro das Finanças, Archer de Sousa Mangueira recebeu ordem do Chefe de Estado para dar sequência à assinatura do Acordo, que permitirá melhorar o desempenho de aproximadamente trezentos estabelecimentos de cuidados primários de saúde.

Os estabelecimentos estão repartidos por postos de saúde, centros de saúde e hospitais municipais, localizados em 21 municípios do país.

O projecto, prossegue o documento, beneficiará mulheres em idade reprodutiva e crianças menores de cinco anos, em 21 municípios das províncias de Luanda, Bengo, Lunda-Norte, Moxico, Malanje, Uíge e Cuando Cubango.

Os municípios contemplados são designadamente Icolo e Bengo (Luanda), Ambriz e Dande (Bengo), Chitato, Cambulo, Cuango e Lucapa (Lunda Norte), Camanongue, Luau e Luena (Moxico), bem como Cacuso, Calandula, Malanje e Caculama (Malanje).

A lista prossegue para a província do Uíge nos municípios do Maquela do Zombo, Negage, e Sanza Pombo e finalmente Cuito Cuanavale, Mavinga e Menongue (Cuando Cubango).

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade