Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Setembro de 2018

ÁFRICA

ÁFRICA DE AMANHÃ - A grande aposta nas tecnologias de informação e comunicação

ANGOLA

Angola aposta em políticas públicas para maior inclusão digital

ANGOLA

Uma sucessão em dois actos

ESTADOS UNIDOS

Resistência na casa Branca contra Trump

ETIÓPIA

Etiópia: Abiy Ahmed, um primeiro-ministro chamado «revolução»

ÁFRICA DO SUL

África do Sul : O começo de uma segunda transição política

ÁFRICA

A revolução dos arquitetos africanos

EGITO

CAIRO, A CIDADE QUE MAIS CRESCE NO MUNDO

Rádio

Publicidade

Saúde

Saúde ganha 110 milhões de dólares

| Editoria Saúde | 15/05/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O acordo de financiamento entre a República de Angola e o Banco Mundial (BM), no valor global de 110 milhões de dólares norte-americanos, foi aprovado ontem por despacho pelo Presidente da República, João Lourenço.

O despacho presidencial descreve que o acordo financeiro será aplicado na “cobertura do Projecto de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde”.

O ministro das Finanças, Archer de Sousa Mangueira recebeu ordem do Chefe de Estado para dar sequência à assinatura do Acordo, que permitirá melhorar o desempenho de aproximadamente trezentos estabelecimentos de cuidados primários de saúde.

Os estabelecimentos estão repartidos por postos de saúde, centros de saúde e hospitais municipais, localizados em 21 municípios do país.

O projecto, prossegue o documento, beneficiará mulheres em idade reprodutiva e crianças menores de cinco anos, em 21 municípios das províncias de Luanda, Bengo, Lunda-Norte, Moxico, Malanje, Uíge e Cuando Cubango.

Os municípios contemplados são designadamente Icolo e Bengo (Luanda), Ambriz e Dande (Bengo), Chitato, Cambulo, Cuango e Lucapa (Lunda Norte), Camanongue, Luau e Luena (Moxico), bem como Cacuso, Calandula, Malanje e Caculama (Malanje).

A lista prossegue para a província do Uíge nos municípios do Maquela do Zombo, Negage, e Sanza Pombo e finalmente Cuito Cuanavale, Mavinga e Menongue (Cuando Cubango).

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade