Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Outubro de 2018

ANGOLA

PANORAMA DOS RECURSOS HUMANOS EM ANGOLA

ANGOLA

EM NOME DO CANUDO, A FABRICA DOS DIPLOMAS

ARGENTINA

Será justiça o que fazem com Kirchner?

ÁFRICA

RELGIÕES E SEITAS EM ÁFRICA, O NOVO ÓPIO DO POVO?

ÁFRICA

Condições do FMI na África atual

MUNDO

Odebrecht e Microsoft firmam acordo de cooperação científica e tecnológica

ÁFRICA

PAÍSES FALHADOS, OU ESTADOS FRÁGEIS, EIS A QUESTÃO NÃO SÓ AFRICANA

BRASIL

Entrevista Celso Marcondes - “O Brasil deve retomar sua política externa de integração”

Rádio

Publicidade

Política

Mali: Presidente Ibrahim Boubacar Keita reeleito com 61,17 % dos votos

| Editoria Política | 17/08/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O presidente Ibrahim Boubacar Keita, de 73 anos, foi reeleito para um novo mandato de cinco anos com 67,17% dos votos na segunda volta. O resultado da segunda volta, realizado no dia 12 de agosto, foi divulgado na quinta-feira, 16 pelo ministro da Administração do Território, Mohamed Ag Erlaf.

O chefe de Estado derrotou Soumaila Cissé, que recebeu 32,83% dos votos. A taxa de participação na segunda volta da eleição foi de 34,54%.

Essa não é a primeira vez que os dois candidatos se enfrentam na segunda volta. Em 2013, os mesmos candidatos se enfrentaram no segundo turno e Keita foi eleito com 77,6% dos votos. Tiébilé Dramé, chefe de campanha do candidato de oposição, reagiu imediatamente ao anúncio da vitória de Boubacar Keïta. Segundo ele, a reeleição “não reflete a verdade das pesquisas e será contestada por todos os meios democráticos, inclusive no tribunal".

Dramé afirma que a oposição vai apelar para o tribunal constitucional para que os resultados “fraudulentos” sejam anulados em algumas zonas eleitorais. “Quando você abate uma galinha, ela luta antes de desistir. Nós não os culpamos por isso, é a democracia", ironizou Drissa Kanambaye, da equipe de campanha do candidato vencedor.

Ibrahim Boubacar Keita entra em funções a 4 de Setembro e tem como principal tarefa relançar o acordo de paz assinado em 2015 com a ex-rebelião tuaregue.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade