Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Fevereiro de 2019

ÁFRICA

ELEIÇÕES E DEMOCRACIA EM ÁFRICA A CONTROVÉRSIA SOBRE UM MODELO QUE SE IMPÕE

ÁFRICA

Calendário das Eleições em África 2019

ÁFRICA

O REFINAMENTO DOS REGIMES AUTORITÁRIOS NÃO É SÓ COISA DE AFRICANOS

CONGO RD

AS ELEIÇÕES NA RD CONGO AS PRECIOSAS LIÇÕES QUE A RD CONGO APRENDEU COM A CÔTE D’IVOIRE

ÁFRICA

A África é segunda no ranking mundial da desflorestação

EGITO

África quer tornar comércio intra-africano uma marca

ÁFRICA

«Guerra contra o terrorismo islâmico em Africa»: Anatomia de um fracasso

MUNDO

BALANÇO 2018 PERSPECTIVAS 2019 PASSAGEM DO ANO ENTRE DEGRADAÇÃO ECOLÓGICA, MIGRAÇÕES E SUBIDA DA DIREITA AUTORITÁRIA

Rádio

Publicidade

Política

Presidente nigeriano exige compra de equipamentos militares para o Exército

| Editoria Política | 05/12/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, ordenou a compra rapidamente de equipamentos essenciais para o Exército, para permitir-lhe lutar eficazmente contra os terroristas do Boko Haram, no nordeste da Nigéria, anunciou em Abuja o ministro nigeriano da Defesa, o brigadeiro reformado, Mansur Muhammad Dan Ali.

Citado num comunicado oficial divulgado no termo de uma reunião com o chefe do Estado-Maior da Defesa e chefes de serviço, o brigadeiro Dan Ali indicou que esta compra se inscreverá no quadro da política do Governo Federal, em matéria de compra de equipamentos militares aos fabricantes.

Os terroristas do Boko Haram atacaram recentemente bases militares e destruíram armas, lamentou o ministro nigeriano, exigindo consequentemente que o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, o tenente-geral Tukur Yusuf Baratai, fique no nordeste do país até que a situação melhore.

Ordenou igualmente ao oficial-geral comandante da 8.ª Divisão a realojar o quartel-general tático de Sokoto, em Gusau, no Estado de Zamfara, no nordeste, para supervisionar a conduta das operações levadas a cabo contra bandidos armados.

Encarregou, igualmente, o chefe do Estado-Maior da Defesa e o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de proceder a mudanças nos comandos a nível das diferentes operações para lhes permitir contraporem ameaças e desafios em termos de segurança nas suas jurisdições respectivas.

Por outro lado, o Presidente Buhari exigiu a melhoria do bem-estar dos soldados, particularmente dos que servem nas frentes de combate.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade