Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Dezembro de 2018

MUNDO

BALANÇO 2018 PERSPECTIVAS 2019 PASSAGEM DO ANO ENTRE DEGRADAÇÃO ECOLÓGICA, MIGRAÇÕES E SUBIDA DA DIREITA AUTORITÁRIA

ARGENTINA

Marcha-atrás na Argentina

ANGOLA

O BALANÇO DO PASSADO PARA CONSTRUIR UM NOVO FUTURO

MOÇAMBIQUE

Os cinco dias que abalaram Moçambique

REINO UNIDO

BREXIT E O JOGO DO “EU SAIO MAS QUERO FICAR”

ÁFRICA

A doença do poder e os doentes no poder em Africa

ESTADOS UNIDOS

Guerras comerciais e desordem mundial

MUNDO

Memória Deixaram-nos em 2018

Rádio

Publicidade

Cultura

Maria Eugénia Neto lança obra infanto-juvenil

| Editoria Cultura | 12/12/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Intitulada “As Aventuras de Amor-Flor em África”, uma obra com 58 páginas, será apresentada ao público no dia 20 de Dezembro de 2018, pelas 18h00, no Camões Centro  Cultural Português.

A estória narra as aventuras de Amor-Flor, o cão cavalinho, e do seu dono, que viajam pelo continente africano e pela península Arábica. Uma viagem que os leva a conhecer diferentes povos, suas culturas, seus hábitos e suas histórias, mas também  uma espantosa e diversificada natureza.

O livro é uma odisseia pela história  do continente africano e das suas cultura milenares, onde a voz da avó do menino, dono do Amor–Flor, não cansa de adverti-lo para preservar a flora.“É preciso proteger as florestas como se fossem povoações humanas e replantar dezenas de árvores por cada uma que for cortada”.   

“AMOR FLOR” deseja que o seu dono se transforme em uma pessoa culta e, por isso, leva-o a conhecer as grandes civilizações da história do continente africano (…) ao longo de milénios, as caravanas que por aqui passavam deixavam as suas marcas nos hábitos e costumes dos povos, que encontravam, pois as paragens, às vezes eram de dias, às vezes de meses, ou até de anos… tudo dependia do acolhimento recebido e de outras razões, de amizade, de  interesses  económicos, ou ainda quando os que chegavam venciam com o fio da espada.”

Um dos personagens é o Rio Nilo, que nasce no Ouganda, atravessa o Sudão, o Tchade e o Egipto para desaguar em delta no mediterrâneo. “Desde há milénios que o rio Nilo iniciou uma luta titânica para proteger as terras amarelo ocre contra o deserto que se tentou instalar (…) esperou pacientemente que o homem soubesse dominar e aproveitar as suas enchentes e visse florescer campos de trigo, de milho e de algodão que cobrissem a nudez e alimentassem os seus filhos para além das suas margens”. 

A obra infanto-juvenil  As Aventura de Amor-Flor em África, da escritora angolana Maria Eugénia Neto tem a chancela da editora Acácias, contém  ilustrações de Henrique Arede & Pinto Marques e será apresentada pelo poeta Nguimba Ngola. 

 

Sobre a autora

Maria Eugénia Neto,  nasceu em Trás os Montes, Portugal, em 1934. Em 1948, num círculo de intelectuais africanos conheceu Agostinho Neto com quem se viria a casar, tornando-se um figura incontornável na luta de libertação de Angola.  Desde cedo, iniciou-se na escrita. Segundo Pires Laranjeira, especialista em Literatura Africana, “O discurso poético de Eugénia Neto percorre o traçado  original sacrificial de uma saudosa evocação e uma angustiante interrogação sobre o amor e a morte, a paz e a guerra, a totalidade e o nada, o homem e o cosmos, em discorrer simples, lírico, pungente e apelativo, inscrevendo-se numa das tradições africanas, que através da constatação, do lamento e da denúncia, serve de alerta para transformar….”

Desde a década setenta do século passado, Eugénia Neto tem-se  dedicado a criar literatura infantil, tendo as suas obras sido traduzidas  para várias línguas e conquistado vários prémios. Entre as obras publicadas de literatura infantil,  inclui-se “Nas Florestas dos Bichos Falaram”, “As Nossas Mãos Constroem  a Liberdade” e “A Formação de uma Estrela e outras Histórias na Terra”.

Em Novembro último, recebeu da Embaixadora da “Lift Effects”, em Angola, Vanda Freire, o certificado de “Princesa e Dama Real do Pan-africanismo da Casa do Solar”, pelo trabalho que tem vindo a desenvolver em prol da mudança de consciências, não só em Angola, mas também no mundo. “A Lift Effects” é uma organização mundial, com sede em Londres, que todos os anos distingue personalidades ligadas a grandes causas. Depois dessa distinção, Maria Eugénia Neto deve ser tratada como um princesa Panafricana do século XXI da linhagem real.

 

 

 

 

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade