Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Maio de 2019

ÁFRICA

A TERRA É A FONTE DE VIDA E DA MORTE

MUNDO

A POSSSE DA TERRA, A RECOLONIZAÇÃO SILENCIOSA QUE NÃO DIZ O NOME

ÁFRICA

O DILEMA DAS TERRAS EM ÁFRICA NA VIRAGEM DO MILÉNIO

MUNDO

INTERNET - O FIM DA DECISÃO E DA LIVRE ESCOLHA?

SUDÃO

A Revolução Sudanesa: a terceira será de vez?

ESTADOS UNIDOS

DONALD TRUMP, O FIM DOS IDEAIS AMERICANOS

ANGOLA

Angola - Novas Políticas Migratórias?

ÁFRICA

Basílica de YamoussoukroO “presente pessoal” de Boigny a Cristo!

Rádio

Publicidade

Empresas

Angola: Total lança rede de venda a retalho de combustíveis com a Sonangol

| Editoria Empresas | 26/12/2018

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A Total assinou um acordo com a companhia nacional Sonangol para desenvolver actividades conjuntas de comercialização de derivados de petróleo. Parceiros de longa data na área do upstream, as duas companhias decidiram criar uma joint-venture para desenvolver actividades de retalho e de distribuição no país, o quarto maior mercado da região Sub-saariana.

A joint-venture Total-Sonangol ira inicialmente concentrar-se na actividade de distribuição e venda de combustíveis e lubrificantes no segmento B2C, lançando uma rede de bombas de combustível com a marca TOTAL. Ela desenvolverá em paralelo actividades no B2B,

Dependendo dos avanços no actual processo de liberalização, a Total também pretende desenvolver através desta parceria tanto actividades de logística como de fornecimento de derivados de petróleo, incluindo a importação e armazenamento primário de produtos refinados.

Sob o actual acordo, a Sonangol vai contribuir com 45 bombas de combustível já existentes em áreas urbanas e nas estradas nacionais, com uma presença em 10 províncias do litoral  e centro do País. A Total vai trabalhar com o seu parceiro para desenvolver rapidamente esta rede, de forma a alcançar os mais elevados padrões internacionais de venda a retalho e melhorar a qualidade da distribuição de combustível em todo o país. A nova companhia investirá tanto em infraestruturas como em actividades de marketing e beneficiará da experiência da Total, como da sua cultura de orientaçãocliente.

A Total está satisfeita em firmar esta nova parceria com Angola, após décadas de colaboração com a Sonangol no upstream. Através destas actividades de distribuição conjunta, a Total reforça ainda mais o seu compromisso com o país”, comentou Momar Nguer, Presidente de Marketing & Serviços e Membro do Comité Executivo da Total. “Este acordo inscreve-se plenamente com a nossa estratégia de expandir para grandes mercados mundiais. Já somos os maiores retalhistas em África, e pretendemos aproveitar esta oportunidade para crescer em Angola e disponibilizar os nossos produtos e serviços, desenvolvendo sinergias adicionais, em benefício dos nossos clientes em Angola.”

Esta transação ainda está sujeita à avaliação pelas autoridades que regulam a concorrência.

Sobre a Total em Angola

Com presença em Angola desde 1953, a Total é o principal operador no setor do petróleo. A média da produção total foi de 229 000 barris de petróleo por dia em 2017 nos blocos 17, 14 e zero, assim como na Angola LNG.

Além do projeto de Kaombo no bloco 32, a Total também opera o bloco 17 (com 40% de participação) onde recentemente se tomou uma decisão de investimento no projeto Zinia 2. A Total também é parceira nos blocos 14 (20%), 14K (36,75%) e zero (10%), e também na Angola LNG (13,6%). No último mês de Maio, o Grupo assinou um acordo de serviço de riscos com a Sonangol para a licença de exploração em águas profundas do bloco 48, que será operado pelaTotal.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade