Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Março de 2019

MÉDIO ORIENTE

Nas areias movediças do Médio Oriente

ÁFRICA

Drogas em África As novas rotas do tráfico de heroína

ÁFRICA

A África a mercê de um Triângulo Voraz

ÁFRICA

África Oriental O regresso ao grande investimento nos Caminho-de-ferro

MUNDO

RefugiadosAs cifras da vergonha!

ÁFRICA

Estaca da África em Brexit

MUNDO

Racistas ou nem por isso?

EGITO

O futuro do Egipto passa pela energia solar

Rádio

Publicidade

Economia

Cairo: Exportações egípcias atingem cerca de 25 biliões de dólares em 2018

| Editoria Economia | 03/01/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

 

 As exportações não petrolíferas egípcias atingiram cerca de 25 biliões de dólares, em finais do ano 2018, ou seja uma alta de cerca de 10,6 porcento em relação ao ano 2017, que registou exportações na ordem de 22,4 biliões de dólares, indicou o ministro egípcio do Comércio e Indústria, Amr Nassar.


Apresentando o balanço do comércio para o ano em curso, Nassar indicou que as exportações registaram um progresso sensível durante o ano 2018, cujo valor atingiu, durante os primeiros 11 meses do ano em análise, cerca de 22,6 biliões de dólares, contra 20,4 biliões durante o mesmo período em 2017.

O aumento da taxa das exportações deve-se à estratégia  do Ministério do Comércio e Indústria, que visa reforçar a capacidade da competitividade da indústria egípcia e abrir mais mercados aos produtos egípcios, o que vai, segundo ele, contribuir para aumentar as taxas da exportação para o próximo período.

O governante egípcio indicou que os sectores que realizaram uma alta na exportação em 2018 são das indústrias químicas, cimento, vestuário, indústrias digitais, têxteis, indústrias alimentares e dos livros.

Indicou que os grandes mercados das exportações foram os Emirados Árabes Unidos, Turquia, Estados Unidos, Itália, Arábia Saudita, Reino Unido, Espanha, Argélia e a França.

 Apresentando o balanço do comércio para o ano em curso, Nassar indicou que as exportações registaram um progresso sensível durante o ano 2018, cujo valor atingiu, durante os primeiros 11 meses do ano em análise, cerca de 22,6 biliões de dólares, contra 20,4 biliões durante o mesmo período em 2017.

O aumento da taxa das exportações deve-se à estratégia  do Ministério do Comércio e Indústria, que visa reforçar a capacidade da competitividade da indústria egípcia e abrir mais mercados aos produtos egípcios, o que vai, segundo ele, contribuir para aumentar as taxas da exportação para o próximo período.

O governante egípcio indicou que os sectores que realizaram uma alta na exportação em 2018 são das indústrias químicas, cimento, vestuário, indústrias digitais, têxteis, indústrias alimentares e dos livros.
Indicou que os grandes mercados das exportações foram os Emirados Árabes Unidos, Turquia, Estados Unidos, Itália, Arábia Saudita, Reino Unido, Espanha, Argélia e a França.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade