Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Fevereiro de 2019

ÁFRICA

ELEIÇÕES E DEMOCRACIA EM ÁFRICA A CONTROVÉRSIA SOBRE UM MODELO QUE SE IMPÕE

ÁFRICA

Calendário das Eleições em África 2019

ÁFRICA

O REFINAMENTO DOS REGIMES AUTORITÁRIOS NÃO É SÓ COISA DE AFRICANOS

CONGO RD

AS ELEIÇÕES NA RD CONGO AS PRECIOSAS LIÇÕES QUE A RD CONGO APRENDEU COM A CÔTE D’IVOIRE

ÁFRICA

A África é segunda no ranking mundial da desflorestação

EGITO

África quer tornar comércio intra-africano uma marca

ÁFRICA

«Guerra contra o terrorismo islâmico em Africa»: Anatomia de um fracasso

MUNDO

BALANÇO 2018 PERSPECTIVAS 2019 PASSAGEM DO ANO ENTRE DEGRADAÇÃO ECOLÓGICA, MIGRAÇÕES E SUBIDA DA DIREITA AUTORITÁRIA

Rádio

Publicidade

Sociedade

Guiné Equatorial: Governo lança plano de combate ao tráfico de pessoas

| Editoria Sociedade | 05/02/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Governo da Guiné equatorial lançou um plano para combater o tráfico de pessoas, tendo pedido aos restantes países africanos assistência na tomada de medidas concretas contra este problema. O plano será coordenado pelo Ministério de Relações Exteriores e Cooperação em colaboração com as administrações e instituições envolvidas na execução, particularmente através do Ministério dos Assuntos Sociais e da Igualdade dos Géneros.

Este tema esteve presente numa recente reunião entre o ministro de Relações Exteriores e Cooperação, Simeón Oyono Esono e os embaixadores e chefes das missões diplomáticas e consulares dos países africanos acreditados na Guiné Equatorial. O objectivo é que as legações diplomáticas e os governos vençam o chamado mal do século XXI.

Oyono Esono insistiu que a luta contra o tráfico humano é uma questão global, devendo o mesmo ser erradicado do continente africano.

O ministro declarou que tal só conseguirá ser feito através da colaboração de todos os países de origem das pessoas submetidas ao tráfico, especialmente nos processos de entrada de menores acompanhados por adultos que passam por seus pais e que uma vez dentro do país, os submetem a maus tratos. O governo pretende obter um plano abrangente para combater este flagelo, que inclua ações com base na luta contra o crime e controle migratório, desde a adoação, prevenção, proteção, assistência e reparação às vítimas.

A definição penal legal do tráfico de pessoas, o tráfico de mulheres para fins de exploração sexual, a criação de uma comissão interministerial para análise e estudo do problema, identificação, proteção e assistência às vítimas, bem como a perseguição activa dos traficantes, o papel da sociedade civil e a análise e melhoria do conhecimento para uma resposta efectica, são as principais metas a alcançar.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade