Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Março de 2019

MÉDIO ORIENTE

Nas areias movediças do Médio Oriente

ÁFRICA

Drogas em África As novas rotas do tráfico de heroína

ÁFRICA

A África a mercê de um Triângulo Voraz

ÁFRICA

África Oriental O regresso ao grande investimento nos Caminho-de-ferro

MUNDO

RefugiadosAs cifras da vergonha!

ÁFRICA

Estaca da África em Brexit

MUNDO

Racistas ou nem por isso?

EGITO

O futuro do Egipto passa pela energia solar

Rádio

Publicidade

Política

Angola contribui com 8% do orçamento da União Africana

| Editoria Política | 11/02/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto, anunciou no domingo,10, que Angolacontribui com 8% do orçamento regular da União Africana, uma quota de 280 milhões de dólares.

De acordo com Manuel Augusto, para o orçamento de 2019, Angola vai contribuir com 27,6 milhões de dólares, sendo 5,2 milhões destinados para o fundo de paz. Esses valores são superados apenas pelas contribuições de países como a Argélia, África do Sul, Egito, Nigéria e Marrocos, cuja quota é de 12% (de um total de 55 Estados).

O orçamento operacional é de 158,46 milhões de dólares, o de programas de 249,7 milhões de dólares e 139,5 milhões de dólares a serem mobilizados juntos dos parceiros internacionais.

As operações de apoio à paz vão beneficiar de 273,2 milhões de dólares, sendo 11,3 milhões arrecadados a partir de contribuições estatutárias dos Estados membros, com os restantes 261,9 milhões de dólares a ser arrecadados junto da comunidade internacional.

Em Julho de 2018, na 31.ª cimeira que decorreu em Nouakchott (Mauritânia), foi aprovado o orçamento da UA para o exercício de 2019 no montante total de 681,49 milhões de dólares, repartidos por várias rubricas, em que o orçamento regular ficou estipulado nos 280 milhões de dólares.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade