Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Economia

Sonangol e Seadrill criam Sonadrill para gerir navios sonda

| Editoria Economia | 15/02/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A petrolífera angolana Sonangol e a Seadrill Limited criaram a empresa Sonadrill, visando a gestão técnica, comercial e operacional de quatro unidades de perfuração, concentrando-se nas operações em águas angolanas, lê-se no comunicado divulgado na quinta-feira,14.

No comunicado, a Sonangol refere que a parceria foi assinada a no dia 6 deste mês e tem uma participação igualitária de 50%, com a Empresa de Serviços e Sondagens de Angola, Lda. - ESSA a representar a Sonangol.  

As partes colocarão à disposição da Sonadrill quatro unidades de perfuração petrolífera, recorrendo a Seadrill à sua própria frota e a Sonangol aos seus dois navios sonda - "Sonangol Libongos" e "Sonangol Quenguela".

Os dois equipamentos são navios de sétima geração, têm capacidade de perfuração em águas ultraprofundas e estão em fase final de construção no estaleiro naval da Daewoo Shipbuilding and Marine Engineering Co.Ltd - DSME, na Coreia do Sul, com entrega prevista para o primeiro semestre de 2019.

A Seadrill Limited, que opera semi submersíveis, 'jack-ups' e navios sonda, é uma empresa de perfuração em águas profundas que presta serviços em todo o mundo para a indústria do petróleo, estando incorporada nas Bermudas, mas com sede em Londres.

A Seadrill irá responsabilizar-se pela mobilização dos navios sonda da Sonangol para Angola, ao abrigo de um contrato celebrado com a petrolífera angolana, lê-se no documento.

"A parceria com a Seadrill terá a duração inicial de cinco anos, durante os quais deverá aproveitar as oportunidades de um mercado que se ambiciona crescer significativamente nos próximos anos".

" A Sonangol mantém-se firmemente determinada em contribuir para o esforço do relançamento da indústria petrolífera nacional, de forma sustentável e assumindo-se geradora de emprego", termina o comunicado.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade