Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Março de 2019

MÉDIO ORIENTE

Nas areias movediças do Médio Oriente

ÁFRICA

Drogas em África As novas rotas do tráfico de heroína

ÁFRICA

A África a mercê de um Triângulo Voraz

ÁFRICA

África Oriental O regresso ao grande investimento nos Caminho-de-ferro

MUNDO

RefugiadosAs cifras da vergonha!

ÁFRICA

Estaca da África em Brexit

MUNDO

Racistas ou nem por isso?

EGITO

O futuro do Egipto passa pela energia solar

Rádio

Publicidade

Ciência

Mali alberga centro africano de estudos e pesquisas sobre migração

| Editoria Ciência | 25/02/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Mali vai albergar a sede de um Centro Africano de Estudos e Pesquisa sobre Migração, um organismo pan-africano recentemente criado pela União Africana (UA), revelou em Bamako o primeiro-ministro maliano, Soumeylou Boubèye Maiga.

O objectivo deste centro é "ter um melhor controlo da gestão de fluxos migratórios no continente e além-fronteiras, através da ‘’constituição de uma base de dados significativa sobre a migração e a diáspora’’, Frisou Maiga, que falava na abertura da 19.ª edição do Fórum de Bamako sobre a migração.

"A União Africana, durante a sua última Cimeira, realizada em Addis-Abéba, concluiu com o Governo maliano um acordo de estabelecimento da sede, em Bamako, do Centro Africano de Estudos e Pesquisas sobre a Migração", indicou.

O primeiro-ministro considera que a escolha do Mali para albergar a sede da instituição, “concebida como uma capacidade de vigilância dos fluxos migratórios, com vista a melhorar a abordagem da migração", atesta a “confiança da UA na experiência do Mali em matéria de gestão das migrações e o seu compromisso político constante com a causa do continente".

Soumeylou Boubeye Maiga sublinhou que a criação do centro vai permitir criar uma base de dados sobre a migração e a diáspora, à escala do continente africano, capaz de gerir os desafios de África, como a insuficiência de estatísticas  e a elaboração de políticas eficientes com base em dados probatórios.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade