Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Abril de 2019

ANGOLA

A MOCHILA PESADA DA DÍVIDA PÚBLICA NO FUTURO DE ANGOLA

ARGÉLIA

Argelia: A revolução, passo a passo

MOÇAMBIQUE

Ciclone Idai devasta centro de Moçambique

ÁFRICA DO SUL

A Nação Arco-Íris está doente!

SUDÃO

ASCENSÃO E QUEDA DO DITADOR OMAR AL-BECHIR

ANGOLA

Os paradoxos da dívida e o papel da China

ÁFRICA

A soberania monetária e o CFA

MUNDO

Cuidado com os abutres !

Rádio

Publicidade

Presidente João Lourenço realça importância do trabalho para o desenvolvimento do país

| Editoria | 15/05/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Presidente angolano, João Lourenço, destacou nesta terça-feira, 14 de maio, em Luanda, a importância do trabalho para que Angola possa ultrapassar “os inúmeros problemas” existentes e assim desenvolver-se.

Foi durante a cerimónia da tomada de posse dos novos responsáveis do aparelho central do Estado que o governante falou sobre as actuais dificuldades do país tendo dito que estas só serão superadas se cada um, no seu posto de trabalho, fizer bem o que lhe compete. Sublinhou ainda que os obstáculos existentes no país têm dificultado a respostas às necessidades mais essenciais do povo angolano.

No evento, testemunhado pelo vice-presidente da República, Bornito de Sousa, forma empossados os secretários de Estado para a Defesa Nacional, José Maria de Lima, para as águas, Lucrécio Manuel da Costa e das Obras Públicas, Carlos Alberto Gregório dos Santos. Tomaram igualmente posse, os directores gerais adjuntos do Serviço de Informações e Segurança do Estado, José Coimbra Baptista Júnior e Jacinto Pedro Ricardo Figueiredo.

O chefe de Estado solicitou aos empossados uma “entrega ao trabalho e à Nação”.

Na ocasião, o secretário de Estado para a Águas, Lucrécio Manuel da Costa, afirmou que aposta num maior dinamismo na gestão integrada dos recursos hídricos, que visa a melhoria do abastecimento de água potável à população e acima de tudo, resolver os problemas da seca que assola algumas regiões do sul do país.

Em relação à situação no Cunene, província mais afectada pela seca, informou que, nos últimos 15 dias, foram repostos 11 furos de água à volta da cidade de Ondjiva.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade