Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Junho de 2019

ANGOLA

Situação Económica de Angola

ANGOLA

Informação e Percepção da Economia Angolana

ANGOLA

Recordar o passado para encontrar soluções

ÁFRICA

FATALIDADES E ESPERANÇAS DA ECONOMIA AFRICANA

AFEGANISTÃO

LISTA NEGRA DOS SOLDADOS DO PROFETA

ANGOLA

OS DESAFIOS PARA AS ELEIÇÕES DE 2022

ÁFRICA

ADAPTAR OS EXÉRCITOS AFRICANOS AOS NOVOS INIMIGOS

ANGOLA

MPLA - O CONGRESSO DO REJUVENESCIMENTO

Rádio

Publicidade

Multipessoal Angola participa no III Fórum de Gestão de Pessoas e Liderança

| Editoria | 15/05/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A convite do III Fórum de Gestão de Pessoas e Liderança, que terá lugar no Hotel Alvalade em Luanda, no próxima dia 31 de Maio pelas 15H00, a Multipessoal Angola, representada pelas responsáveis e especialistas para as áreas de recrutamento e formação, terá oportunidade de desenvolver algumas temáticas relacionadas com a “Cultura Organizacional e Recursos Humanos” em Angola, nomeadamente Aprendizagem e Desenvolvimento, Planos de Sucessão, Retenção e Liderança.

Numa época em nunca se falou tanto de liderança, retenção do capital o humano e desenvolvimento de competências dentro das empresas, a Multipessoal Angola partilha uma visão privilegiada de alguns destes aspectos, à luz da experiência consolidada que detêm no Sector do Recursos Humanos em Angola.

Lúcia Palma, Directora para área de Recrutamento e Selecção da Multipessoal Angola, afirma que “com o reaquecimento do mercado de trabalho em Angola, é imprescindível que as empresas criem mecanismos de retenção dos seus quadros, criando condições para um desenvolvimento saudável da sua actividade”.

Segundo a especialista, a retenção de quadros não se restringe apenas à mera actualização de condições financeiras e benefícios, estando hoje em dia, intrinsecamente relacionada com a perspectiva que os profissionais têm quanto à possibilidade de progressão de carreira dentro da empresa em que colaboram.

“Empresas melhor preparadas relativamente aos seus planos de sucessão atingem em geral, melhores índices de retenção do seu Capital Humano”, concluiu.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade