Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Política

Nigeriano eleito novo presidente da Assembleia-geral da ONU

| Editoria Política | 05/06/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Tijjani Muhammad-Bande foi eleito na terça-feira,04, por aclamação, novo presidente da Assembleia Geral da ONU em substituição de Maria Fernanda Espinosa da Guiné Equatorial que foi a primeira mulher-latino americana a presidir o órgão.

O diplomata que inicia seu período de trabalho a partir de Setembro próximo, foi eleito por ser o único candidato ao cargo, em função do consenso dos países africanos a quem cabia escolher o novo substituto.

Formado em Ciências Políticas pela Universidade Ahmadu Bello, Nigéria. fez mestrado na Universidade de Boston, Estados Unidos e doutorou-se em Toronto, Canadá.

Tijjani Muhammad-Bande iniciou a carreira profissional enquanto frequentou a universidade. O embaixador exerceu os cargos de director-geral do Centro Africano de Formação e Pesquisa Administrativa para o Desenvolvimento (Cafrad) e do Instituto Nacional de Política e Estudos Estratégicos da Nigéria.

Desde 2016 Tijjani Muhammad-Bande é representante da Nigéria na ONU onde já ocupou o cargo de vice-presidente da Assembleia Geral e de presidente do Comité especial das Operações de Manutenção da Paz.

O presidente eleito mencionou como eixos de sua agenda a promoção da paz e da segurança, o fortalecimento da luta contra a mudança climática, a promoção dos direitos dos jovens e das mulheres e a implementação dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável.

O embaixador Muhammad-Bande é o segundo cidadão da Nigéria a liderar o órgão depois de Joseph Nanven Garba que ocupou o cargo entre 1989 a 1990.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade