Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Maio de 2019

ÁFRICA

A TERRA É A FONTE DE VIDA E DA MORTE

MUNDO

A POSSSE DA TERRA, A RECOLONIZAÇÃO SILENCIOSA QUE NÃO DIZ O NOME

ÁFRICA

O DILEMA DAS TERRAS EM ÁFRICA NA VIRAGEM DO MILÉNIO

MUNDO

INTERNET - O FIM DA DECISÃO E DA LIVRE ESCOLHA?

SUDÃO

A Revolução Sudanesa: a terceira será de vez?

ESTADOS UNIDOS

DONALD TRUMP, O FIM DOS IDEAIS AMERICANOS

ANGOLA

Angola - Novas Políticas Migratórias?

ÁFRICA

Basílica de YamoussoukroO “presente pessoal” de Boigny a Cristo!

Rádio

Publicidade

Política

Guiné-Bissau: Presidente anuncia consultas para nomear Primeiro Ministro

| Editoria Política | 11/06/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz inicia esta sexta-feira, 14 de Junho, auscultações aos partidos com assento parlamentar para a nomeação do primeiro-ministro, três meses depois das eleições legislativas.

O anúncio foi feito esta segunda-feira por Carlos Quissangue, representante das entidades religiosas do país, à saída de uma audiência com José Mário Vaz, no dia em que se completaram três meses sobre a realização das eleições legislativas e após várias manifestações dos partidos que constituem a maioria parlamentar, para exigir o respeito dos resultados eleitorais.

À saída da audiência, o Pastor Carlos Quissangue disse que o Chefe Estado está preocupado com a situação do país e decidiu iniciar as auscultações com os partidos para nomeação do primeiro-ministro, já nesta sexta-feira 14 de Junho.

"Durante esse encontro com o Presidente, informou-nos que na sexta-feira (14/06) irá fazer a consulta com o partido que ganhou as eleições [PAIGC], nesse sentido a nomeação do primeiro-ministro e nós todos sabemos que o país está numa dificuldade enorme e também ele está muito preocupado com essasituação e acha que é o momento agora dos guineenses pensarem em mudar a linguagem e tomar o rumo da paz e do desenvolvimento".

A preocupação do Chefe de Estado foi transmitida também ao Conselho das Mulheres Facilitadoras do Dialogo Nacional e à Comissão Organizadora da Conferencia Nacional Caminhos para a Consolidação da Paz, Reconciliação e Desenvolvimento.

O Chefe de Estado disse reiteradamente que a nomeação do primeiro-ministro depende do entendimento no Parlamento, no que diz respeito à polémica em torno da eleição da mesa da Assembleia Nacional Popular, apesar da decisão dos tribunais e da posição da Comunidade Internacional face á demora na formação do governo resultante das eleições legislativas de 10 Março.

De recordar que o presidente do parlamento, Cipriano Cassamá, marcou a  segunda sessão ordinária da actual legislatura para iniciar esta terça-feira (11/06) e durar até 22 de Julho.

Enquanto o mandato do Presidente José Mário Vaz termina a 23 de Junho próximo e segundo a Constituição ele será substituído interinamente por Cipriano Cassamà, que deverá marcar eleições presidenciais num período de 60 dias a partir de 24 de Junho

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade