Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Junho de 2019

ANGOLA

Situação Económica de Angola

ANGOLA

Informação e Percepção da Economia Angolana

ANGOLA

Recordar o passado para encontrar soluções

ÁFRICA

FATALIDADES E ESPERANÇAS DA ECONOMIA AFRICANA

AFEGANISTÃO

LISTA NEGRA DOS SOLDADOS DO PROFETA

ANGOLA

OS DESAFIOS PARA AS ELEIÇÕES DE 2022

ÁFRICA

ADAPTAR OS EXÉRCITOS AFRICANOS AOS NOVOS INIMIGOS

ANGOLA

MPLA - O CONGRESSO DO REJUVENESCIMENTO

Rádio

Publicidade

Ambiente

Moçambique aposta na restauração da vida selvagem

| Editoria Ambiente | 21/06/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Cento e nove zebras, uma doação do Kruger National Park, da África do Sul, foram doados ao Parque Nacional de Zinave, localizado na província moçambicana de Inhambane, no âmbito de um memorando de entendimento entre os dois países, para a cooperação no "rejuvenescimento da biodiversidade" da região.

Além das zebras, Moçambique espera um total 670 animais de várias espécies, entre as quais girafas, avestruzes e búfalos.

"A iniciativa faz parte de um programa do Governo de restaurar as áreas de conservação, com vista a assegurar o desenvolvimento do turismo baseado na natureza", disse fonte moçambicana.

Ocupando uma área de quatro mil quilómetros quadrados, o Parque Nacional do Zinave foi estabelecido em 1973 e é tido como um importante ponto de passagem para os mamíferos nómadas que cruzam o rio Save, na província de Inhambane.

A girafa é a principal espécie da fauna local, que naturalmente é decorada por uma vegetação rica em acácias.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade