Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Política

Presidente João Lourenço exonera e nomeia governantes

| Editoria Política | 25/07/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Presidente de Angola, João Lourenço, exonerou nesta quarta-feira, 24 de julho, os ministros do Interior, da Agricultura, da Economia e Planeamento, sendo eles Ângelo de Barros da Veiga Tavares, Marcos Alexandre Nhunga e Pedro Luís da Fonseca, respectivamente.

Em despacho tornado público, o chefe de Estado exonerou ainda o secretário de Estado para o Planeamento, Manuel Neto da Costa, os governadores de Cabinda, Eugénio Laborinho, do Cuando Cubango, Pedro Mutinde e também o secretário do Presidente da República para os Assuntos Económicos, Alcino dos Prazeres Isata Francisco da Conceição.

Em outro despacho decidiu nomear Eugénio César Laborinho como ministro do Interior, António Francisco de Assis para o cargo de ministro da Agricultura e Florestas e Manuel Neto da Costa para ministro da Economia e Planeamento.

Foram igualmente nomeados Marcos Alexandre Nhunga como governador da Província de Cabinda, Júlio Marcelino Vieira Bessa, governador da província do Cuando Cubango, Lopes Paulo, secretário para os Assuntos Económicos do Presidente da República.

O titular do Poder Executivo nomeou também Samahina de Sousa da Silva Saúde para secretário de Estado para o Planeamento e Jorge Francisco Silveira para o cargo de director-adjunto do Cerimonial do Presidente da República.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade