Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Economia

Angola e BM assinam Acordo de Financiamento às Politicas de Desenvolvimento

| Editoria Economia | 25/07/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Governo de Angola e o Banco Mundial (BM) procederam, na terça-feira, 23, a assinatura do acordo de Financiamento às Políticas de Desenvolvimento (DPO), avaliado em 500 milhões de dólares, bem como a assinatura do acordo de Reforço do Sistema Nacional de Protecção Social, no valor de 320 milhões de dólares.

Rubricaram os acordos, o ministro das Finanças, Archer Mangueira, e o representante residente do Banco Mundial, Olivier Lambert, nas instalações do Ministério das Finanças.

Os referidos acordos provêm do recente financiamento aprovado pelo Conselho de Administração do Grupo Banco Mundial em Washington e visam a sua aplicação em três iniciativas estruturantes do Executivo. Também foi disponibilizado 500 milhões de dólares para o financiamento do projecto de águas BITA.

Segundo Archer Mangueira, as referidas operações serão concretizadas no momento apropriado, uma vez que estão a ser tomadas medidas de correcção dos desequilíbrios macroeconómicos ao mesmo tempo que o Executivo demonstra a sua preocupação com a estruturação do sistema de protecção social. 

“Em relação ao sistema de protecção social, contamos com a colaboração técnica do BM e mais do que fazer transferências monetárias para as famílias vulneráveis, o importante será criar condições, para que estas possam alcançar o seu auto-sustento”, referiu o ministro das Finanças.

Estiveram presentes na cerimónia a ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, e a secretária de Estado do Orçamento e Investimento Público, Aia-Eza da Silva.

O Projecto de Fortalecimento do Sistema de Protecção Social insere-se na política de transferência de rendimento, que tem como objectivo mitigar o impacto das reformas dos subsídios no poder de compra dos consumidores.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade