Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Rádio

Publicidade

Saúde

União Africana convoca fórum sobre Ébola

| Editoria Saúde | 31/07/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O presidente da Comissão da União Africana (CUA), Moussa Faki Mahamat, convocou para a primeira semana de  setembro próximo, o Fundo de Solidariedade África contra Ébola (AAESTF), o setor privado africano e parceiros internacionais para um fórum sobre Ébola.

Segundo um comunicado da União Africana, o objetivo do Fórum é mobilizar recursos suficientes para responder à epidemia do vírus da Ébola (EVD) que afecta a República Democrática do Congo (RDC),  e que foi declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) “emergência de saúde pública de alcance internacional”, a 17 de julho último.

A epidemia de Ébola nas províncias do Ituri e do Kivu-Norte, no nordeste da RD Congo, custou a vida a mil e 715 pessoas desde o seu aparecimento,  a 1 de agosto de 2018, indica o Ministério congolês da Saúde, no seu boletim sobre a situação epidemiológica, divulgada há uma semana.

Segundo o Ministério, destes mil e 715 mortes, mil e 621 são confirmados, 94 prováveis, enquanto 721 pessoas foram curadas. Atualmente, 478 casos suspeitos estão em análise.

A UA lembra no seu comunicado ter tomado, desde o início da epidemia, algumas medidas, através dos Centros Africanos de Prevenção  e de Controlo das Doenças (CDC África), para apoiar a RD Congo na sua luta contra a epidemia, incluindo o desdobramento de voluntários da saúde e uma contribuição financeira.

"Tendo em conta a gravidade da ameaça sobre a segurança, a economia e a saúde que representa a Ébola para o continente, o Conselho de Paz e Segurança da União Africana reuniu-se a 23 de julho de 2019 e pediu à Comissão da UA para mobilizar todos os recursos para desenvolver uma resposta adequada”, indica o comunicado.

Em 2014, a mobilização pela Comissão da UA do setor privado africano e parceiros desempenhou um papel importante na eliminação da epidemia na África Ocidental, demonstrando a importância da solidariedade africana em período de crise no continente.

A missão CDC África é de reforçar as capacidades e parcerias com as instituições de saúde pública e para detetar e responder rapidamente às ameaças e subida de doenças baseadas na ciência, nas políticas e nas intervenções e programas assentes em dados probantes.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade