Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Política

Presidente nigeriano na África do Sul após uma onda de violência xenofóbica

| Editoria Política | 03/10/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O presidente nigeriano Muhammadu Buhari  está  na África do Sul  para uma visita de Estado que tem como objectivo aliviar as tensões  entre os dois países após uma onda de violência xenofónica.

Os ataques xenófobos no início de Setembro contra estrangeiros, incluindo nigerianos na África do Sul, durante os quais pelo menos 12 pessoas foram mortas dominam a agenda da visita de Estado de três dias, a primeira de um líder nigeriano desde 2013.

Buhari e o presidente sul africano Cyril Ramaphosa manterão um encontro para fortalecer a cooperação comercial e política entre os dois países que estão tentando reavivar as suas economias em dificuldades.

Durante a sua visita, Buhari espera "encontrar um terreno comum para a construção de relações harmoniosas" entre os cidadãos nigerianos e sul-africanos, disse a Presidência nigeriana em Abuja.

Buhar participará de uma reunião com empresários nigerianos que vivem na África do Sul para ouvir seus pontos de vista e reafirmar o compromisso do governo nigeriano de "proteger as suas vidas e propriedades".

Segundo dados da AFP fornecidos  pelo consulado nigeriano em Joanesburgo, mais de 100.000 nigerianos vivem na África do Sul.

 A presidência sul-africana enfatizou as tentativas de aproximação económica entre as duas potências africanas marcadas por um crescimento tímido.

Muhammadu Buhari, eleito em Fevereiro para um segundo mandato, está tentando tirar o seu país da dependência do petróleo e a África do Sul pode ser um parceiro essencial para impulsionar os sectores agrícola e de mineração.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade