Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Economia

Exportação de petróleo com diminuição de 5,3 milhões de barris

| Editoria Economia | 30/10/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

Angola exportou 116,4 milhões de barris de petróleo durante o terceiro trimestre do ano em curso (de Junho a Setembro), a um preço médio de 62,8 dólares por barril, uma diminuição de 5,3 milhões de barris em relação ao segundo trimestre de 2019.

Em relação ao terceiro trimestre de 2018, observou-se uma redução nas quantidades exportadas de aproximadamente 15,3 milhões de barris.

As exportações do terceiro trimestre de 2019, de acordo com o relatório de desempenho do sector apresentado ontem, em Luanda, resultaram em receitas brutas de 7,3 mil milhões de dólares.

Os principais destinos das exportações de petróleo bruto angolano foram a China e Índia, com 61 por cento e 12 por cento, respectivamente, segundo o documento. A quota-parte das exportações trimestrais da Sonangol e da Concessionária Nacional corresponde a 33,2 por cento.

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade